A programação 2011 da Camerata Antiqua de Curitiba

Texto antigo, publicado originalmente em 2 de março de 2011

Este ano, ao invés dos outrora belos cadernos de programação, saiu um folder. Fotos menores, sem cor, menos informações. Ao invés de vendido por R$ 10,00 – distribuição gratuita.

E a prática de organizar com antecedência uma programação anual continua sendo um excelente mister. Espero que com Viapiana na Secretaria de Cultura tenhamos algo parecido com a Sinfônica do Paraná.

Segue a lista dos concertos previstos para a temporada:

25, 26 e 27 de março – Marlui Miranda - Missa Kewere – coro e orquestra – regência Wagner Polistchuk

15, 16 e 17 de abril – J. S. Bach - Paixão segungo São Mateus – coro, orquestra e solistas – regência Luis Otávio Santos

6 e 7 de maio – concertos para flauta (C.P.E. Bach, Dimitri Cervo e Antonin Dvorak) – orquestra e solista (José Ananias Lopes) – regência Norton Morozowicz

20 e 21 de maio – concertos para violino de Vivaldi – orquestra – regente e solista: Emanuelle Baldini

27 e 28 de maio – música coral francesa e espanhola (Fauré, Duruflé e Castelnuovo-Tedesco) – coro – regência de Eliane Fajioli

10 e 11 de junho – música para trompete, piano e cordas (Lutoslawski, Jolivet, Nino Rota e Shostakovich) – orquestra – regência de Rodrigo de Carvalho, piano Olga Kopylova, trompete Flavio Gabriel.

[este concerto recebeu uma crítica minha aqui]

17 e 18 de junho – Carlos Alberto Pinto Fonseca – Missa Afro-brasileira “de batuque e acalanto” – coro à capela e solistas – regência de Angela Pinto Coelho, percussão Djalma Correa

1 e 2 de julho – árias de Haendel e Vivaldi - coro e orquestra – regência de Beatriz de Luca, contratenor Marconi Araújo

12 e 13 de agosto – música russa (Abdokov, Schnitke e Tchaikovski) – orquestra e solistas – regência de Danielle Lisboa, violinos Andréa Campos e Priscila Vargas

26 e 27 de agosto – obras sacras de Mozart – coro e orquestra – regência de Wagner Polistchuk, soprano Adélia Issa

16 e 17 de setembro – música inglesa (Britten e Jacob) – orquestra e solistas – regência de Stefan Geiger, trompa Zora Slokar, tenor Sérgio Wernec Jr

23 e 24 de setembro – Many nations, one world (salada de compositores, épocas e estilos) – coro – regência Paul Crabb

30 de setembro e 1 de outubro – Música suíça (Frank Martin, Mozart e Ernst Bloch) – orquestra e solista – regência Christopher Whiting, piano Elaine Fukunaga

11 e 12 de novembro – Brahms – Ein Deutsches Requiem - soprano, barítono, coro e piano a quatro mãos – regência Helma Haller, soprano Siomone Foltran, barítono Carlos Eduardo Marcos, piano Clenice Ortigara e Carmen Célia Fregonese

2 e 3 de dezembro – música latino-americana (Zamora, Pitombeira, Romero e Ginastera) – orquestra – regência Victor Hugo Toro, violoncelo Raiff Dantas Barreto

16, 17 e 18 de dezembro – estréias de obra inéditas e encomendadas (Dimitri Cervo, Liduino Pitombeira, S. Prokudin, S. McIntosh, M. Frisina) – coro e orquestra – regência de Wagner Polistchuk.

P.S. (2012) – de tudo que não assisti, considero como única perda inestimável o Requiem Alemão de Brahms.

Veja também:

A programação 2010 da Camerata Antiqua de Curitiba

A programação 2012 da Camerata Antiqua de Curitiba

A programação 2011 da Orquestra Sinfônica do Paraná

A temporada 2012 da Orquestra Sinfônica do Paraná

Este texto foi arquivado em Crítica cultural e etiquetado como , , , , . Pegue o permalink.

3 Comentários em A programação 2011 da Camerata Antiqua de Curitiba

  1. Pingback: A programação 2010 da Camerata Antiqua de Curitiba | André Egg

  2. Pingback: A programação 2012 da Camerata Antiqua de Curitiba | André Egg

  3. Pingback: A temporada 2012 da Orquestra Sinfônica do Paraná | André Egg

Comentários bloqueados.