Tag: teologia

José Penalva (1924-2002)

Este post é uma apresentação de José Penalva (1924-2002), o maestro e compositor campinense que fez sua carreira em Curitiba, também padre e teólogo claretiano. As informações aqui contidas são sintetizadas a partir do livro José Penalva: uma vida com a batina e a batuta, de Silvana Bojanoski e Elizabeth Seraphim Prosser (Curitiba: Editora Unificado, […]

Continue Reading

A renúncia de Ratzinger: prenúncio de abertura?

1 Faz alguns dias que estou em leituras e reflexões pessoais tentando entender os motivos e os significados da chocante e inédita renúncia do Papa Bento XVI. Meu primeiro impulso foi discutir a absurda e tão repetida frase de que “o último papa a renunciar o fez há 600 anos”. Escrevi sobre isso no blog […]

Continue Reading

Domingo da ressurreição

Texto antigo, publicado originalmente em 4 de abril de 2010 A morte de Cristo não foi o fim. Foi o grande recomeço. Esse é o ponto central de todo o cristianismo. É isso que significa, em última instância, a noção de ressurreição. Os discípulos de Jesus tinham ficado perplexos com sua morte. A comunidade de […]

Continue Reading

Hoje é sexta-feira santa

Texto antigo, publicado originalmente em 2 de abril de 2010 Jesus passou a semana em Jerusalém, ensinando no templo e falando às multidões. No último domingo, para entrar na cidade, ele instruiu os discípulos a pegarem um jumentinho separado para seu uso em casa de um amigo. Agora, outro amigo emprestaria um cenáculo para que […]

Continue Reading

Hoje é domingo de ramos

Texto publicado originalmente em 28 de março de 2010 Jesus estava com seus amigos mais próximos – os discípulos, a caminho de Jerusalém. Orientou dois deles que fossem à frente, e pedissem emprestado um jumento, em casa de um amigo na próxima aldeia do caminho. O jumento já estava separado para o mestre. Os dois […]

Continue Reading

Leon Uris: Exodus

Eu acho que o Uris queria escrever um livro de história. Mas ele não é historiador, não faz a mínima ideia de como se processa a pesquisa histórica. Então foi mesmo mais honesto escrever um livro de ficção. Ou seria de propaganda? Porque eu acho difícil o leitor discernir o que é informação confiável no […]

Continue Reading