Alex não é Paulo Baier

Ontem estava conversando com um amigo atleticano, e ele veio com várias dessas frases prontas de torcida. Não sei o que ele pensa de mim, mas eu não sou torcedor deste tipo – torço para o Coritiba ganhar e para o Atlético perder, mas não fecho os olhos para a realidade do mundo à minha volta. Acho que dá pra perceber isso pela análise que fiz no último texto sobre o assunto:

Vai ter atletiba de novo na Série A

Isso esclarecido, volto à questão posta pelo meu amigo. A brincadeira que ele fez foi alguma coisa do tipo: “já comprou seu sonho?” – “Hã?” -“É, aqueles carros que passam vendendo sonho na rua.” -“Tá, qual é a piada?” “Esse sonho de vocês com o Alex – ele tá velho, é como o Paulo Baier, não vai ser isso tudo que vocês estão falando – é um cara que não serve para jogar jogo inteiro”.

Em primeiro lugar, a comparação, deste jeito que o meu amigo fez é injusta com o Paulo Baier. Ele nunca foi mais que um jogador mediano, um craque apenas para os padrões do campeonato brasileiro dos últimos anos. E mesmo sem ser esse craque todo, já estando em idade avançada, e tudo o mais, o Paulo Baier foi o principal jogador do Atlético PR nas últimas temporadas. Ele vem sendo o cara que define os jogos, que carrega o time nas costas. Em 2012, pela primeira vez em muitos anos, ele não jogou tantos jogos, nem tantos jogos inteiros. Mesmo assim foi fundamental em jogos fundamentais, como por exemplo o jogo com o América MG, no qual o gol de Paulo Baier aos 49 do 2º tempo deu a vitória que significou simplesmente a diferença entre se classificar ou não para a Série A. Vale lembrar que o Atlético terminou em terceiro lugar, mas com o mesmo número de pontos que o 5º colocado.

Bem, eu fiquei matutando nisso e pensando em escrever aqui. Eu ia dizer que não dá pra comparar, que o Alex é infinitamente superior, além de ser 3 anos mais novo, o que faz diferença na fase de fim de carreira. Ia argumentar com tudo o que o Alex fez, tipo 483 jogos e 245 gols nas últimas 11 temporadas, divididas entre Cruzeiro e Fenerbahçe, Bola de Ouro da Placar (2003), Bola de Prata da Champions League, etc.

Para isso fui buscar informações nos verbetes da Wikipedia.

O do Alex presumo que está certo, porque está de acordo com o que eu já tinha lido por outras fontes.

O do Paulo Baier eu quase caí pra trás quando li. Resolvi dar um print screen, porque a Wikipedia é coisa que se pretende mais ou menos séria, e mais dia menos dia vão corrigir esta palhaçada.

Clique que amplia

A palhaçada começou no dia 6 de dezembro, com vândalos (estou usando o jargão da Wikipedia) estragando a informação do artigo sem usar nome de usuário – o que acabará levando algum editor chato a bloquear faixas inteiras de IP como a que já deixou muita gente boa sem poder editar por meses. Veja o outro print screen.

Também amplia se clicar

Eu acho que poderia corrigir lá as informações incorretas, ou simplesmente reverter as edições maliciosas. Poderia também reportar erro ou algo que o valha.

Mas o verbete do jeito que está é simplesmente genial. Revela toda a inveja que os atleticanos estão sentindo na hora de tentar comparar os dois craques. Ficou muitíssimo mais divertido que a piada do meu amigo, de modo que eu deixo lá, pra ver quanto tempo dura.

Depois dessa piada, ficou muito sem graça tentar fazer alguma comparação séria entre os dois jogadores.